top of page

Embreagem - dicas para evitar o desgaste prematuro


A embreagem é uma das peças vitais para o bom funcionamento do seu carro. O sistema de embreagem gera o atrito necessário para transmitir a rotação do motor para o câmbio, permitindo acoplamentos suaves entre as trocas de marchas e filtrando as vibrações torcionais provenientes do motor.

As principais recomendações para evitar problemas na embreagem estão ligadas a maneira como o motorista dirige. Alguns hábitos e vícios podem comprometer seriamente todo o sistema, podendo levar o proprietário do veículo fazer a troca antes do tempo.

O que a maioria das pessoas conhecem como embreagem é um sistema que coordena a troca de marchas e é composto por disco, platô, rolamento, câmbio e pedal, além dos sistemas de cabos que conectam esse sistema. A vida útil da embreagem dura, em média, 100 mil quilômetros, sendo que é necessário fazer as revisões periódicas para checar como está a conservação das peças.

Quem anda muito em trânsito congestionado sabe que a vida útil da embreagem é reduzida pela troca incessante de marchas em trechos lentos. Apesar desse tipo de desgaste ser inevitável para muitos motoristas que moram em grandes centros urbanos, existem algumas atitudes que podem ajudar a conservar o sistema e a reduzir o seu desgaste.

Ficar com o pé no pedal, deixando o carro sem giro no motor e a marcha engatada, é um hábito adquirido por muitos condutores, que normalmente desconhecem os efeitos dessa prática. Ficar apertando o pedal sem necessidade, reduz a vida útil da embreagem. Prefira deixar o carro em ponto morto. Nada de descansar o pé em cima do pedal, isso causa um acionamento parcial do sistema e causa atrito entre o disco e o platô, aquecendo o sistema.

Muita gente gosta do câmbio manual e abusa do sistema, como se estivesse em uma corrida. Quem quer conservar a vida útil da embreagem não deve fazer trocas ríspidas de marcha e nem ficar reduzindo o carro marcha após marcha. Se você está em quarta marcha e chegando próximo a um semáforo fechado, não é preciso trocar para terceira, segunda e primeira marcha, basta deixa o giro do carro reduzir junto com a velocidade e depois selecionar a primeira.

Em ruas muito íngremes ou em saídas de rampas de estacionamento é comum que os motoristas segurem o carro na posição utilizando o giro mínimo. Fazer isso também reduz a vida útil da embreagem e faz com que apareça aquele cheiro desagradável. O certo a se fazer é deixar seu carro parado utilizando o pedal de freio ou o freio de mão, se deseja evitar desgastes na embreagem. Seu carro e seu bolso agradecerão!

Boas práticas ao volante garantem a conservação do carro e ajudam o motorista a economizar com a manutenção. Fique atento aos seus hábitos e não deixe de realizar as revisões periódicas.

Naturalmente, mesmo seguindo essas dicas, chegará o momento em que será necessário realizar a substituição de itens do sistema. Se tudo estiver em ordem, é comum as peças durarem mais de 100 mil km. No entanto, fique atento aos sinais que o carro apresenta e siga as recomendações do manual do veículo.

Consulte seu mecânico de confiança toda vez que perceber algum desses sinais. E lembre-se, aqui você encontra tudo para o seu veículo nas melhores condições. Dedé Autopeças 25 anos te levando mais longe.

Comments


bottom of page