top of page

Carros antigos – dicas para manter funcionando como novos.


O interesse por carros antigos no Brasil é grande. Segundo a Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), apesar de não contar com nenhum museu formalmente constituído, o país conta com dezenas deles espalhados por todo território. Portanto, seja você um apaixonado por modelos antigos nacionais, como o Fusca, Opala e Maverick, fã dos opulentos modelos americanos das décadas de 1950 e 1960, como os Bel Airs, Cadillacs e Fairlanes ou entusiasta dos Muscle Cars americanos como o Mustang, Camaro e Challenger ou faz parte dos que amam carros europeus como Alfa Romeo e Mercedes, você precisa saber que esses carros precisam de cuidados e não podem apenas ficar na garagem.

Os carros antigos que ainda não foram restaurados ou reformados, ainda que a aparência esteja boa, podem esconder segredos de muitos anos. Corrosão, ferrugem debaixo da pintura, vazamentos crônicos, tanque esfarelando etc, são todos problemas que vão se acumulando com o tempo, especialmente se o carro não foi guardado com o cuidado certo.

Se o carro já foi reformado ou restaurado, a história já começa a mudar um pouco. Quando o serviço é bem-feito, ele costuma estender bem a vida útil do veículo, além de deixá-lo finalmente com a mesma aparência do dia em que saiu da fábrica.

Porém, para que ele siga desta maneira e você possa curti-lo com sua família, é preciso tomar algumas precauções no dia a dia para evitar dores de cabeça.

Encontrar peças de reposição para carros antigos não é, nem nunca será, uma tarefa simples. Além do fato de elas já não serem fabricadas há muitos anos, ainda é preciso ter bons conhecimentos sobre o veículo, seus modelos, variantes e história para poder encontrá-las.

Assim, encontrar bons fornecedores especializados ou que entendam de carros antigos vai ajudar muito na tarefa.

Um mecânico de confiança também é uma mão na roda e para encontrar um, pesquise sobre esses profissionais com outros donos de veículos especiais.

Carro foi feito para ser usado e isso não é nem um pouco diferente para os carros antigos. Não importa o quão bem cuidados estão, é preciso colocá-los para funcionar regularmente e garantir que tudo está em ordem. Por isso, se você tem um ou mais carros antigos, tente utilizá-los em passeios algumas vezes na semana ou durante os fins de semana.

Seja cuidadoso no embelezamento do veículo. Quem não gosta de ver o possante limpinho e bem cuidado, não é mesmo? Porém, é preciso ter cuidado para não ficar limpando demais, ou da maneira incorreta. A pintura dos veículos antigos, quando original, não tem a mesma tecnologia das pinturas atuais e acaba suportando menos elementos externos.

Outro cuidado importante é após lavar o veículo, sempre sair com ele para um passeio para garantir que não fique água ou produtos químicos acumulados em frestas ou peças internas. Isso vai garantir uma durabilidade muito maior.

Gostou das nossas dicas de como cuidar dos seus carros antigos? Fique ligado, toda semana dicas e curiosidades sobre o mundo automobilístico. Aqui no Dedé Autopeças temos tudo o que seu possante precisa para repor e manter as peças e bom estado.


Comments


bottom of page