top of page

Sistema de transmissão – saiba identificar os principais defeitos


O câmbio funciona através do movimento de um conjunto de engrenagens que “regulam” a velocidade e o torque para qualquer situação, seja ela descida, subida, reta e etc. O sistema tem como função passar a potência do motor para as rodas do veículo. Em carros comuns, ou seja, em motores dianteiros o movimento se inicia no volante do motor e passa pela embreagem, caixa de câmbio, eixo de transmissão e o diferencial que passa o movimento para as rodas traseiras do veículo.

O câmbio é fundamenta para o funcionamento do veículo e por isso que temos que deixa-lo sempre em perfeitas condições de uso, realizando as principais revisões e trocando peças assim que começam a dar algum tipo de defeito pois o conserto deste sistema não tem uma mão de obra barata além de ser um dos mais complexos.

Ruídos metálicos - fique sempre atento com barulhos diferentes em seu veículo em relação ao câmbio, principalmente se um barulho metálico continuar com o veículo em ponto morto. Esse tipo de defeito pode estar ocorrendo por falta de viscosidade do óleo de câmbio ou então alguma falha no próprio motor, fazendo assim com que o mesmo fique fraco e não tenha força para manter o câmbio girando em perfeita condição.

Marchas sem encaixe -normalmente indicam um dos principais problemas que ocorrem no sistema de transmissão, a falta de óleo de câmbio, a falta de óleo faz com que o contato entre cada uma de suas engrenagens seja bem mais desgastante do que o normal.

Marchas desencaixam sozinhas - para esse defeito existe mais de uma causa, sendo desde a embreagem até o trambulador, o ideal como todo outro problema do sistema é levar até um mecânico de confiança.

Trancos na troca de marcha - os famosos trancos na troca de marchas podem ser causados pela falta de óleo de câmbio. Este problema pode ser até irreversível em alguns casos e tem como prejuízo a troca do sistema por inteiro.

Vazamento de óleo do câmbio - esse tipo de problema pode ser causado por alguma batida leve em alguma valeta ou algo do tipo ou até excesso de óleo na hora da revisão. Caso seja por alguma batida o centro automotivo deve ser visitado para que o problema seja resolvido. Se o problema for o excesso de óleo vá até onde completou para que deixem na medida correta do sistema.

Cheiro de queimado- este tipo de problema caso esteja ocorrendo em marcha lenta principalmente indica baixo nível de óleo de câmbio e para que você não perca o sistema todo, leve o quanto antes no seu centro automotivo de confiança.

Assim como diversos outros sistemas do carro o câmbio também deve ser revisado para que não venha a lhe deixar na mão em tempo algum de sua vida útil. É ele quem faz com que seu veículo consiga se deslocar para diversos lugares e por isso é muito importante manter uma revisão periódico no sistema.

Normalmente deve ser feita essa revisão periódica comum do veículo de 6 em 6 meses ou então de 10 em 10 mil km, porém o sistema de câmbio é feito para durar cerca de 70 mil km.

Nós do Dedé Autopeças estamos preparados para te auxiliar na compra das peças do seu carro. Temos de A a Z, para veículos nacionais e importados.

Comments


bottom of page