top of page

Quando trocar o óleo do motor do carro?


Quando se fala de prazo para a troca do óleo, há sempre controvérsias, já que existem prazos para a quilometragem ou para o tempo limite da substituição do óleo. Para te ajudar com isso, existe uma regrinha que diz o seguinte:


Óleo sintético: Se você não chega a rodar 1.000 quilômetros por mês, a troca deve ser realizada a cada 10.000 km ou 12 meses, dependendo do que chegar primeiro;

Óleo semissintético: A troca deve ocorrer a cada 7.500 km ou 12 meses;

Óleo mineral: A troca deve ser feita a cada 5.000 km juntamente com o filtro ou a cada 12 meses.


. Todos os carros tem a mesma frequência de troca de óleo?

Um ponto de atenção é que essa regra padrão é uma média e não serve para todos os veículos. A quilometragem e o prazo em meses para troca do óleo são definidos pelo fabricante e podem variar de acordo com uma série de fatores.

. A frequência da troca de óleo é a mesma para carros que rodam pouco

Outro ponto que impacta a resposta são as condições de uso do veículo. Uma pessoa que enfrenta horas de transito pesado diariamente pode ter que fazer a troca antes de outro que roda pouco. Então se você utiliza o carro diariamente, sofre com o trânsito caótico das grandes cidades, altas temperaturas, passa por muitas ruas e estradas esburacadas, essa troca de óleo deve cair para 5 ou 7 mil quilômetros, nos casos de óleo sintético e entre 3 ou 5 mil km em caso de óleo mineral. Sempre consulte o manual do carro ou entre em contato com a montadora para saber mais informações sobre essas trocas. Isso vai ser de grande valia para o seu veículo.


. Qual é melhor: óleo mineral x óleo sintético

Cada tipo tem a sua especificação, por isso, esteja atento ao óleo usado no veículo. Há uma boa variação entre os dois produtos. Para óleo mineral, a troca deve ser realizada a cada 5 mil quilômetros, já para o óleo sintético, a cada 10 mil.

O óleo mineral costuma ser usado em carros com mais de três anos de uso. Isso deve-se ao fato das peças estarem desgastadas, necessitando de um óleo mais grosso.

Já o óleo sintético acaba sendo utilizado nos carros mais novos, pois ele oferece partículas que realizam a limpeza do motor, mas é um produto menos espesso. Se ele for usado em um motor mais antigo, por exemplo, podem ocorrer vazamentos nas juntas.

.

Nós do Dedé Autopeças estamos preparados para te auxiliar na compra das peças do seu carro. Temos de A a Z, para veículos nacionais e importados. Siga seu destino com segurança!


Comments


bottom of page