top of page

Junta homocinética: entenda tudo sobre a peça


As juntas homocinéticas são responsáveis por transmitir velocidade constante da saída do diferencial para as rodas, permitindo movimentos angulares e telescópicos resultante do movimento da suspensão. Antigamente, eram usadas juntas universais para transmitir o torque do motor para as rodas, mas esse sistema tinha muitos problemas de dirigibilidade e falhas na transmissão da potência do motor para as rodas. A junta homocinética possibilitou a popularização da tração dianteira, que hoje em dia é tão comum de se ver nos carros.


A junta homocinética conecta o cubo da roda ao semieixo da transmissão e este último ao eixo do câmbio, transmitindo potência de maneira eficiente em diferentes angulações entre eixos. Como esse componente é responsável pela transmissão da energia gerada pelo motor às rodas, é considerado um elemento de segurança para o carro. Caso ocorram falhas ou quebra nessa junta, a energia produzida pelo motor não será mais transmitida para as rodas, provocando a parada total do veículo. Por isso é importante sempre realizar a manutenção preventiva das juntas, seguindo as orientações do fabricante e procurando fazer revisões entre 5 mil km e 10 mil km.


Sinais de alerta

Os principais sinais de alerta que o carro pode passar sobre a junta homocinética são os ruídos. São sons característicos que indicam determinadas falhas, e se forem identificados corretamente, podem ser úteis para que seja feito um diagnóstico rápido e preciso. Se ao acelerar o veículo numa curva, você ouvir um som de “clique” vindo das rodas, é um sinal de que ocorrem falhas na superfície pista de rolamento das esferas na junta fixa, que fica no lado da roda. Esse sinal é ainda mais evidente quando se realiza uma curva em marcha a ré. Se forem percebidos ruídos durante a aceleração em linha reta, é sinal de desgaste na junta deslizante, que fica do lado do câmbio. A força de torção no eixo homocinético é transmitida pelos rolamentos de esferas. O ruído é causado pela contaminação da graxa com terra ou sujeira, fazendo com que ela vire uma pasta abrasiva que desgasta as pistas de trabalho da homocinética.


O que pode danificar a junta homocinética?

- Falha na vedação da coifa

- Torque aplicado

- Eixo danificado ou mal posicionado


Se for identificado um sinal de falha na junta homocinética, é preciso procurar imediatamente o seu mecânico. Como já foi dito, a junta é um elemento de segurança no carro e por isso todo cuidado é pouco ao se identificar sinais de falha.


Gostou das informações sobre a junta homocinética? Conte conosco sempre que for precisar fazer a manutenção preventiva ou repor uma peça por desgaste. Temos de A a Z, para veículos nacionais e importados.


Comments


bottom of page