top of page

Como funciona o comando de válvula do veículo?


O comando de válvula de um veículo conta com uma peça-chave para o seu funcionamento: a árvore de cames. Peça que também é conhecida como árvore de comando de válvulas, eixo de comando de válvulas ou veio de ressaltos. É por meio deste componente mecânico que as válvulas de admissão e escape abrem e fecham, permitindo a entrada e saída dos gases no cilindro. A árvore de cames, como o nome já diz, possui alguns cames (também conhecido como ressalto) ao longo de seu corpo. Quando a árvore gira, o came aciona um impulsor que pressiona a haste da válvula para baixo, fazendo com que ela se abra. Uma mola acoplada na haste faz com que a válvula se feche posteriormente, completando o ciclo. É importante ressaltar que esse movimento deve ser sincronizado com o do pistão.


. Tipos de comando de válvulas

SOHC: Comando de válvulas simples no cabeçote

Este tipo de comando possui apenas uma árvore de cames presente no motor. Ele é o único responsável pela abertura e fechamento das válvulas de admissão e escape. Geralmente é encontrado em motores que utilizam apenas duas válvulas por cilindro.


DOHC: Duplo comando de válvulas no cabeçote

O DOHC utiliza duas árvores de comando para controlar as válvulas. Diferentemente do comando descrito acima, ele costuma estar presente em veículos que possuem quatro válvulas por cilindro. Dessa forma, uma das árvores é responsável pelas de admissão, enquanto a outra fica para as de escape.


OHV: Comando de bloco

Este sistema era utilizado em automóveis mais antigos. Os motores que possuem este tipo de distribuição tem o comando instalado no bloco, e não no cabeçote, como é o caso dos outros apresentados acima. Assim, o comando das válvulas é realizado de forma indireta, por meio de varetas e balancins.


Nós do Dedé Autopeças estamos preparados para te auxiliar na compra das peças do seu carro. Temos de A a Z, para veículos nacionais e importados. Siga seu destino com segurança!


Comments


bottom of page