top of page

Alguns sinais de que as velas do seu carro estão com problemas!


A vela de ignição é a peça que se encaixa na cabeça do cilindro e que será a responsável por gerar a centelha que provoca a explosão da mistura ar/combustível, a consequente movimentação do pistão e o funcionamento do motor. Ficar de olho nos sinais é muito importante para o seu bom funcionamento. Confira abaixo alguns sinais que indicam que as velas do seu veículo estão com problemas:


. Dificuldade ao dar a partida

Motor demorando a pegar e dando aquela rateada ao virar a chave talvez seja o mais evidente entre os sinais de que as velas vão dar problema. A principal causa é o desgaste dos eletrodos dos componentes, provocado pelas faíscas geradas entre si. Desta forma, os cantos vivos dos eletrodos sofrem desgaste e ficam “arredondados”, o que ocasiona um aumento da folga entre eles. Então, começa a haver um aumento da tensão para a geração da centelha. Isso afeta a capacidade da bobina e o veículo passa a ter dificuldades na hora da partida. Porém, vale verificar também cabos e bobina da ignição.


. Carro “engasgando”

Você acelera gradativamente e o carro parece que está com soluço, dando solavancos. Isso significa que a força do motor não está sendo passada de forma estável. Provavelmente as velas estão ruins ou com sujeiras acumuladas, e não queimam o combustível corretamente, provocando tais falhas.


. Perda de desempenho

Outro dos sinais de que as velas vão dar problema por causa do desgaste. Com o passar do tempo, aquela folga maior entre os eletrodos fará o motor render menos. As respostas ao acelerador ficam mais lentas e o carro demora a arrancar e a embalar – em alguns momentos, parece se arrastar. Isso porque as velas são responsáveis por emitir a faísca que faz a combustão. Se elas não estiverem em perfeitas condições, não vão conseguir queimar o combustível na frequência correta. Por isso, a perda de desempenho.


. Aumento do consumo de combustível

Vários fatores contribuem para o aumento do consumo de etanol ou gasolina do veículo, entre eles as velas de ignição. Caso as peças estejam desgastadas, a mistura ar/combustível não será queimada de forma adequada. Consequentemente, o carro vai beber mais.


. Desgaste do eletrodo

Como já observado, a vela sofre um desgaste natural conforme o tempo de uso. A alta temperatura e a tensão às quais a peça é submetida provocam a chamada “erosão” dos eletrodos central e lateral. Isso gera uma folga entre esses eletrodos, o que dificulta a formação da faísca.


. Manchas no isolamento do eletrodo

Um dos visíveis sinais de que as velas vão dar problema é quando surgem manchas no isolamento do eletrodo central, de tom amarelado. Esses resíduos são consequência geralmente de combustíveis de má qualidade e quando submetidos a altas temperaturas tendem a se tornar condutores, prejudicando o funcionamento da vela.


. Marcha lenta irregular

Carro que morre à toa não é normal. E pode ter como causa a carbonização (ou efeito fuligem) das velas de ignição, geralmente ocasionada por uma mistura ar-combustível muito rica. Porém, filtro de ar sujo, ponto de ignição atrasado, vela não compatível e até mesmo excesso de combustível pode provocar o acúmulo desse material, que afeta o funcionamento dos eletrodos e a intensidade da centelha.


Nós do Dedé Autopeças estamos preparados para te auxiliar na compra das peças do seu carro. Temos de A a Z, para veículos nacionais e importados. Siga seu destino com segurança!







Comments


bottom of page